Ouça agora

Ouça agora

Ameaçado de extinção, pinhão não pode ser colhido ou vendido no RS antes de 1º de abril; entenda:

Postado em 18/03/2024 por

Compartilhe agora.

Nesta época do ano, as araucárias já começam a dar os primeiros pinhões. 🌲 Mas você sabia que, no Rio Grande do Sul, um dos principais produtores do Brasil, as sementes são protegidas por lei? Desde 2022, a compra e o consumo do pinhão só são permitidos a partir de 1º de abril.

De acordo com a lei nº 15.915, “o início da colheita, transporte, comercialização e armazenamento do pinhão, quer para uso em sementeiras, quer para ser usado como alimento” só é autorizado a partir de 1º de abril.

Isso porque, até esta data, além de impróprio para o consumo, o pinhão traz benefícios para o habitat, para os animais que se alimentam da semente e para a própria árvore. Quem descumprir a lei pode ser multado em até R$ 1 mil.

O que é o pinhão? 🌲

Pinhão é a denominação genérica das sementes de plantas coníferas, como as araucárias e pinheiros. O pinhão se forma dentro das pinhas, que são os órgãos reprodutores das gimnospermas – plantas que não possuem frutos protegendo as sementes.

Essa semente é formada por uma casca e pela castanha, que é a parte comestível. Mas, até o pinhão estar maduro existe um longo processo, que pode durar até três anos.

Por que a colheita só é permitida a partir de 1º de abril? 📅

De acordo com a bióloga Liziane Crippa, a colheita precoce de pinhão prejudica animais que dependem da semente para se alimentar, além de poder causar ferimentos nas árvores que podem facilitar a contaminação por fungos.

A colheita precoce prejudica as árvores?

👍 Sim. De acordo com a bióloga, a preservação das araucárias pode ser prejudicada pela coleta precoce do pinhão. A exploração da araucária fez com que a árvore entrasse na lista de espécies criticamente ameaçadas de extinção em escala global. As florestas naturais que abrigam as populações também figuram entre os ecossistemas mais vulneráveis aos efeitos das mudanças climáticas no domínio da Mata Atlântica.

“Fazer a coleta precoce com taquaras pode causar ferimentos na araucária, que abrem portas para fungos, e essa espécie pode adoecer. Isso causa, claro, uma queda de produtividade de árvore”, explica.

Posso coletar a pinha que cai no chão?

🚫 Não. A bióloga explica que a pinha traz benefícios para a natureza e para o habitat inclusive quando está no solo. “Tem que deixar ele ali”, diz ela. Isso porque muitas aves e mamíferos dependem desse recurso para sobreviver, e mesmo a coleta precoce pode prejudicar o desenvolvimento desses animais. 🐥

E, antes de 1º de abril, posso comer pinhão? 🤤

Poder, pode. Só não é permitido comercializar ou coletar. E, de acordo com a bióloga, antes da data certa de maturação os pinhões estão verdes, o que faz com que tenham sabor adstringente e sejam impróprios para o consumo humano.

“Antes desse período, é uma semente verde. Fica um gosto adstringente, como se fosse uma fruta verde. O valor nutricional também é perdido. E o gosto não é bom, não é gostoso”, diz a bióloga.

Fonte: G1 RS

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.

cinco + dezoito =