Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Rio Grande do Sul é zona livre de febre aftosa sem vacinação:

Postado em 27/05/2021 por

Compartilhe agora.

Às 7h e 15 minutos desta quinta-feira, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) anunciou a concessão ao Rio Grande do Sul do certificado que reconhece o Estado como zona livre de febre aftosa sem vacinação. O resultado foi manifestado no início da reunião plenária virtual da 88ª Assembleia Geral da OIE, em Paris. Também foram anunciados os certificados de evolução de status sanitário dos estados do Paraná, Rondônia, Acre e partes do Amazonas e do Mato Grosso. A assembleia da OIE foi acompanhada, em Brasília, pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e pela secretária de Agricultura, Silvana Covatti, junto com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. 

O Rio Grande do Sul e os Estados que tiveram o reconhecimento da OIE nesta quinta-feira, somam-se ao estado de Santa Catarina, zona livre de febre aftosa sem vacinação há 14 anos, completados no último dia 25.

A expectativa é de que, a partir de agora, a pecuária gaúcha conquiste novos mercados para a carne bovina, além de ampliar sua participação em mercados onde já está presente com a carne suína, para os quais poderá comercializar também os cortes com osso. O aumento estimado nas exportações, apenas considerando a suinocultura no Estado, é de R$ 1,2 bilhão por ano.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.